Foto Reprodução/Raul Marques de Santana

Na tarde deste sábado (11/01), a direção do Hospital Regional Tibério Nunes, na cidade de Floriano, emitiu uma nota lamentando o ocorrido dentro das suas dependências nesta madrugada, quando um homem não identificado invadiu o interior da unidade hospitalar e matou um paciente identificado como Raul Marques de Santana, de 31 anos. 

O Hospital ressaltou que conta com sistema de segurança 24 horas. Raul nasceu no município de São Bernardo dos Campos (SP), mas vivia na cidade de Avelino Lopes, localizado há quase 600 km de Floriano.

O CASO

Raul estava internado no Hospital após sofrer uma primeira tentativa de homicídio na madrugada dessa terça-feira (7), em Avelino Lopes. Ele foi baleado 6 vezes no abdômen, encaminhado para o HRTN, passou por cirurgia e permaneceu na ala A do Hospital para recuperação. Segundo testemunhas, o homem suspeito de cometer o crime, teria pulado a cerca do local e entrado pelos fundos.

Ao entrar, dirigiu-se diretamente à ala onde Raul e outros pacientes se encontravam dormindo. Efetuou um disparo, à queima roupa, contra a testa de Raul e saiu correndo. As testemunhas afirmam ainda que o pai de Raul tentou correr atrás do homem.

Confira a nota completa: 

A direção do Hospital Regional Tibério Nunes vem a público lamentar profundamente o ocorrido em nossas dependências na madrugada do dia 11, quando um homem não identificado invadiu o interior desta unidade hospitalar, pelo muro lateral, e se dirigiu a ala “A” , efetuando um disparo de arma de fogo contra o paciente Raul Marques de Santana, de 31 anos, que veio a óbito. Depois do crime, o acusado fugiu pelos fundos da unidade.

O Hospital Tibério Nunes conta com sistema de segurança 24 horas, mas como o indivíduo entrou pela lateral  da unidade de saúde, não foi possível a abordagem por parte dos nossos seguranças.

Ao tempo que lamentamos o fato de sermos alcançados pela violência dessa forma,  em pleno exercício da profissão, nos colocamos à disposição para ajudar nas investigações e no que for possível, com o compromisso  de trabalhar, cada vez mais, para reforçar os cuidados com a segurança e proteção à vida dos nossos pacientes e dos nossos profissionais.


CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET


Fonte:Redação Manchete Net/Meio Norte