Veículos envolvidos no acidente

Um grave acidente envolvendo seis veículos, deixou um mototaxista, identificado somente como Expedito, morto, na tarde desta quarta-feira (23), por volta de 13h, na Avenida Barão de Gurgueia, localizada na zona sul de Teresina.

Ao todo, o acidente envolveu três carros: um Honda City de cor branca; dois Voyage, ambos da cor cinza; um ônibus da empresa Editur e duas motocicletas.

O motorista Alex Diniz, condutor de um dos Voyage, informou ao GP1 que o homem que conduzia o Honda City provocou a primeira colisão próximo a Avenida Valter Alencar.

“Ele primeiro colidiu no meu carro [Voyage], ali próximo da Avenida Valter Alencar e saiu arrastando, ele veio parar aqui porque o sinal estava fechado e colidiu nos demais veículos. Não sei se ele teve algum mal súbito ou estava embriagado. Sei que ele estava em alta velocidade. Acredito que ele fugiu de mim, pois foi no meu carro que ele colidiu primeiro”, contou Alex Diniz.

O funcionário público, Clemilton Miranda, também foi envolvido na colisão. Ele informou que estava trafegando de forma tranquila na via quando percebeu somente a pancada do acidente.

“O meu carro é o outro Voyage, a gente estava trafegando na via, tranquilamente, quando de repente teve a pancada violenta da colisão, os motoristas ficaram feridos, minha perna ralou. Eu não sei o que ele tinha [motorista do Honda City]”, pontuou.

Estava indo para casa

O mototaxista Carlos Alberto, que trabalhava com Expedito, disse que ele estava saindo do trabalho para ir almoçar quando sofreu o acidente.

“Quando a gente chegou ele estava dando os últimos suspiros, a gente só viu o impacto, esse maluco do carro branco [Honda City] veio em alta velocidade. Eu não sei se ele estava dando ataque epilético, quando foram tirar ele do carro, ele estava tendo convulsões. Eu falei com ele antes dele sair [a vítima], ele estava indo para casa, almoçar. O mais triste foi que a gente pegou o celular dele e a esposa dele o chamava para almoçar, agora estamos tentando falar o que aconteceu para ela. Todo dia tem um morto nesse trânsito de Teresina, é muito difícil”, relatou Carlos Alberto.

Os três motoristas envolvidos no acidente foram levados para o hospital. O condutor do ônibus não sofreu ferimentos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU – ainda tentou socorrer Expedito, porém ele morreu no local do acidente.

*Com as informações do GP1