Rafael Ferreira Lima, acusado de ter assassinado uma professora no Piauí, confessou ter matado outras nove pessoas. Policiais do 5º Distrito Federal da cidade de São Luís (MA) o prenderam nesta quarta-feira (02/01) .

 Segundo ele mesmo confessou para a polícia, matou nove pessoas, entre os assassinatos estão latrocínios e acerto de contas.

Ele é foragido da Penitenciária de Esperantina e o crime foi cometido em 2015, quando a professora estava em uma farmácia no bairro Buenos Aires, em Teresina. Ela foi atingida com um tiro em um assalto e morreu na frente da filha.

Vitima.

Rafael fugiu em abriu de 2016 da Penitenciária de Esperantina com outros seis detentos. Ele foi encontrado no Parque Vitória, na capital maranhense e será  encaminhado para o estado do Piauí.

Há três mandados de prisão expedidos contra ele, que envolvem roubo, latrocínio e homicídio.