Francisco Rubens Alves da Rocha é acusado de participação no latrocínio do professor José Wellington Gomes da Rocha. Segundo a polícia, ele é investigado por uma série de furtos.

Um dos acusados de matar o professor José Wellington Gomes da Rocha durante um assalto foi preso em uma operação policial neste sábado (10) no município de José de Freitas, a 48 km de Teresina. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI), a Operação Tersus cumpriu nove mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva.

Dentre eles, o de Francisco Rubens Alves da Rocha, acusado de participar do latrocínio do educador em maio de 2014. A prisão dele, no entanto, aconteceu em decorrência de um mandado de prisão pelo crime de furto, após o mesmo, segundo a polícia, ter roubado um ventilador e uma caixa de som de uma escola pública.

Segundo a SSP-PI, Francisco Rubens responde por diversos processos de furto e é investigado por uma série de arrombamentos que aconteceram em José de Freitas nos últimos dias.

Além dele, também foi preso Antônio Paulino Júnior em cumprimento de mandado de prisão. Outras duas pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido durante a operação. Também foram apreendidos pela polícia crack, cocaína e maconha.