Foto reprodução

Os policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), coordenados pelo delegado Luiz Guilherme, prenderam, por volta de meio-dia desta terça-feira (27), um homem suspeito do latrocínio contra o sargento do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual do Piauí (BPRE), Tadeus Ferreira de Sousa, morto durante um assalto no bairro São Pedro, na zona sul de Teresina, no dia 11 de maio deste ano.

O alvo foi preso durante o velório de Alisson Mateus Ferreira, o Mateuzinho, executado com um disparo de arma de fogo na axila na noite dessa segunda-feira (26) no Morro do Cego, região da Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina. O nome do suspeito não foi divulgado.

O acusado foi ouvido na sede do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa e em seguida será encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina, para a realização dos procedimentos necessários.

Relembre o caso

No dia 11 de maio deste ano, o sargento Tadeus Ferreira estava chegando do serviço, por volta de 6h, quando foi abordado por dois suspeitos em uma motocicleta na calçada de casa, na Rua Piripiri, no bairro São Pedro, zona sul de Teresina. A PM acredita que os criminosos abordaram a vítima e já foram efetuando os disparos contra o policial, que estava fardado e foi atingido com três tiros, um em cada braço e outro na lateral esquerda das costas.

“Ele estava chegando em casa, vindo do serviço, quando foi perseguido por dois indivíduos em uma motocicleta 160 cilindradas. Os indivíduos o alvejaram, subtraíram a mochila, a pistola e se evadiram do local. As pessoas que aqui estavam disseram que não houve verbalização por parte dos delinquentes e nem por parte da vítima. Ele mora exatamente no local da ocorrência, na calçada da casa dele. Ele estava a pé, porque provavelmente veio de carona e quando estava adentrando a casa foi alvejado”, relatou o capitão Mábio Cardoso, do 1º Batalhão de Polícia Militar do Piauí na época do crime.


“Com as informações do GP1