gugu manchetenet.com

A defesa do apresentador Gugu Liberato divulgou na manhã desta quinta-feira um comunicado informando que Rose Miriam di Matteo, ex-mulher do apresentador e mãe dos três filhos dele, recebeu 500 mil dólares de Gugu, quando ele ainda estava vivo. 

O comunicado rebate as declarações de Rose de que ela estaria passando por dificuldades financeiras e afirma que a mesma vive como “empresária bem sucedida” nos EUA, e que mora numa casa de “alto padrão” em Alphaville, em São Paulo, que ela recebeu do apresentador em 2012. O imóvel, segundo a nota, é avaliado em R$ 6 milhões. A defesa afirma também que Rose recebe 10 mil dólares de pensão para “cobrir as despesas da casa”.

Mãe dos três filhos do apresentador, morto em novembro de 2019, Rose luta na Justiça pelo o reconhecimento da união estável com Gugu Liberato e para ter direiro a herança dele.

“Apesar dos comentários de estar passando por dificuldades financeiras além de uma casa de alto padrão em Alphaville que recebeu do apresentador em fevereiro de 2012, avaliada em torno de R$ 6 milhões, em uma área de 1.020m2 e com 898m2 de área construída, a Dra. Di Matteo é empresária muito bem-sucedida no olhar do governo americano. Graças ao investimento de cerca de US$ 500 mil dólares feitos por Gugu Liberato em seu nome no Orlando City Soccer”, diz o comunicado.

“E ainda é importante lembrar que ela recebe mensalmente uma pensão equivalente a 10 mil dólares para cobrir as despesas da casa. Todos têm seguro de saúde com ampla cobertura nos Estados Unidos e no Brasil, e João, Marina e Sofia recebem mesada, seguindo uma tradição do Gugu em incentivar os filhos a administrarem suas despesas”, diz um outro trecho da nota.

Fonte: Manchetenet.com/ com informações da meio norte