Não foi tão fácil, mas o atacante Gomis fez com que a profecia feita por Jorge Jesus nas últimas semanas se cumprisse.

O atacante saiu do banco de reservas para marcar um golaço e garantir a vitória do Al Hilal por 1 a 0 sobre o Esperánce, após jogo duro neste sábado, no Jassim Bin Hamad, em Doha. Agora, o time da Arábia Saudita avança para pegar o Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes, na próxima terça-feira, às 14h30 (de Brasília).

Desde que venceu a Copa Libertadores e garantiu vaga no Mundial de Clubes com o Flamengo, o técnico Jorge Jesus não hesitou ao tratar o adversário nas semifinais como definido: para o Mister, seria o Al Hilal, da Arábia Saudita, última equipe que ele comandou antes de ir ao Brasil. A vitória suada neste sábado confirmou a vaga para os árabes, que disputam a competição pela primeira vez na história.

Um dos principais astros do elenco do Al Hilal, Gomis começou a partida no banco de reservas junto a Giovinco, por opção do técnico Razvan Lucesceu, que não mandou força total a campo neste sábado. E, quando foi acionado, precisou de menos de 10 minutos para fazer a diferença: mostrou sua categoria ao receber um passe, girar, dar um lençol no marcador e bater de primeira no canto. Um golaço que classificou o Al Hilal e foi celebrado diante de Jorge Jesus, que sorriu.

VEJA O VÍDEO

O atacante Gomis, comemorou o gol da vitória de frente para o elenco do Flamengo, que assistiu à partida na arquibancada do estádio Jassim Bin Hamad. Após a partida, no entanto, o atacante minimizou o ato, disse ter respeito pelo Flamengo e disse que foi uma mensagem para Jorge Jesus, com quem trabalhou no Al Hilal.

– Não é sobre os jogadores, tenho total respeito e torço pelo Flamengo porque Jesus é meu amigo. Antes do Mister deixar Riad, o convidei para jantar na minha casa, nos encontramos, e quando marquei fui mandar uma mensagem: vamos nos enfrentar e que seja um grande jogo para Flamengo e Hilal.

– Flamengo é um grande time, com grande jogadores, e apenas fui falar com o Jesus. Ele é um pai para mim. Quando jantamos, falei que íamos nos encontrar no campo e agora fui mandar uma mensagem – revelou Gomis.

Embora não estivesse com todos os titulares em campo, Al Hilal não teve facilidade para vencer o Esperánce, apesar do favoritismo. Os africanos conseguiram defender bem e agredir em alguns contra-ataques, enquanto os árabes ficaram com a posse de bola, mas sofreram para ter espaço para finalizar. O meia brasileiro Carlos Eduardo apareceu bem em algumas oportunidades, assim como Carrillo, que foi eleito o melhor jogador da partida pela Fifa.


 


Fonte:Redação manchetenet/Meionorte