Bar é fechado e comerciante é preso após se negar a fechar estabelecimento

Guarda Municipal fechou bares em funcionamento em Vila Velha, no Espírito Santo

Guarda Municipal fechou bares em funcionamento em Vila Velha, no Espírito Santo

Um comerciante de 42 anos foi preso pela Guarda Municipal de Vila Velha, no Espírito Santo, depois de desobedecer o decreto estadual que determina o fechamento de bares no Estado. Segundo a Prefeitura do município, Bruno Vatalino se negou a fechar as portas do estabelecimento, ficou agressivo e teve quer ser contido pelas autoridades.

A ação foi realizada na noite de ontem, na Avenida Saturnino Rangel Mauro, em Itaparica. De acordo com os agentes, ao ser orientado sobre a necessidade do fechamento, Bruno insultou os guardas e resistiu à determinação. Ele recebeu voz de prisão imediatamente, mas não acatou. Os oficiais tiveram que usar a força para conduzir o comerciante até a viatura.

O proprietário do estabelecimento já havia sido sido advertido anteriormente. Um vídeo mostra o momento exato em que o homem é detido. Bruno foi levado até a delegacia e foi autuado pelo delegado de plantão por crime contra a administração pública conforme o artigo 268 do Código Penal, além de desacato e resistência. Ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

Com informações de UOL