Laboratório da Fiocruz em Minas Gerais, onde uma das vacinas é estudada Divulgação/Fiocruz Minas

Teresina registrou mais 73 casos novos de Covid-19 e um óbito pela doença nesta quinta-feira (21). A cidade soma agora 1.577 pessoas infectadas e 46 mortes pelo novo Coronavírus. Os dados são do boletim epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

A morte por Covid-19 notificada nesta quinta-feira foi de uma mulher de 37 anos que tinha obesidade, residia na zona Norte e estava internada em hospital particular. De segunda (18) até quarta-feira (20, o número de casos registrados no boletim epidemiológico de Covid-19 de Teresina teve um crescimento de 13,36%. Passou de 1.327 casos da doença no dia 18 de maio para 1.504 casos, no dia 20. No mesmo período, os óbitos passaram de 40 para 45, um acréscimo de 12,5%.

“Os números estão crescendo com velocidade e a melhor forma de evitarmos essa expansão é fazendo o distanciamento social. Essa é a recomendação de todas as autoridades sanitárias, da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Prefeitura de Teresina. Nós precisamos ficar o máximo possível em casa, saindo apenas o estritamente necessário, lavar muito bem as mãos com água e sabão e tomar todas as medidas de precaução”, orienta a enfermeira Wesllany Santana, do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE), da Fundação Municipal de Saúde de Teresina.

De acordo com a quinta etapa da pesquisa realizada pela Prefeitura de Teresina em parceria com o Instituto Opinar, o número de casos de pessoas positivadas para a Covid-19 na capital cresceu 90% na última semana. O estudo aponta que 32.691 pessoas devem estar infectadas pelo novo Coronavírus em Teresina. Além da pesquisa feita pela Prefeitura, Teresina também participa de pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde e coordenada pela Universidade Federal de Pelotas-RS.

A pesquisa do Ministério da Saúde em Teresina iniciou dia 14 de maio e segue até 12 de junho de 2020. Segundo nota técnica do Ministério, a pesquisa envolve risco mínimo para a saúde do participante, pois consiste na aplicação de um questionário curto e realização de teste sorológico rápido.

Fonte:Fundação Municipal de Saúde (FMS)Teresina