Bolsonaro diz que recebeu carta de “vizinho de cela” de Adélio com nome do mandante da facada

Não é a primeira vez que Jair Bolsonaro fala de possíveis mandantes de Adélio. No dia 16 de setembro, o presidente pediu para que o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) seja “decisivo” na investigação de tais “mandantes”. Em diversas ocasiões, Bolsonaro buscou ligar Adélio Bispo ao PSOL, partido do seu principal desafeto político.

“O material apreendido pela PF no endereço de um dos advogados do esfaqueador ainda não foi periciado por decisão liminar concedida para OAB. Sete desembargadores decidirão a questão”, disse o presidente. “Não desejamos descobrir o conteúdo da defesa, mas elucidar o crime, como vítima e por questão de segurança nacional”, completou.



CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET



 


Fonte:Forum