O Brasil venceu o Equador na noite desta sexta-feira (4), no Beira-Rio, em Porto Alegre, por 2 a 0, em jogo válido pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Os gols da vitória brasileira foram marcados por Richarlison e Neymar.

Com o resultado, a Seleção manteve os 100% de aproveitamento, se isolou na liderança das Eliminatórias da América do Sul, com 15 pontos, e abriu quatro de diferença para a vice-líder Argentina, que tem 11. Já os equatorianos se mantiveram na terceira posição, com nove pontos.

Na próxima partida, o Brasil encara o Paraguai fora de casa, no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, às 21h30 da próxima terça-feira (8). Já o Equador enfrenta o Peru, em casa, também na terça-feira, na luta para seguir no grupo que disputará o Mundial em 2022.

Seleção sofreu com a forte defesa equatoriana

No primeiro tempo, a Seleção sofreu para encontrar espaços diante da forte marcação da equipe equatoriana.

Sem grandes oportunidades durante toda a primeira etapa, o Brasil tentou adiantar a marcação e pressionar os equatorianos em seu campo de defesa, mas, mesmo quando tinha a bola, não encontrava espaços na forte defesa adversária.

Aos 41 minutos, Gabigol recebeu um ótimo passe do lateral Danilo no meio da área e mandou a bola para o fundo do gol. O atacante, porém, estava impedido e o gol foi anulado.

Na volta da segunda etapa o Brasil seguia com dificuldades para furar a defesa equatoriana. Para tentar ganhar poder ofensivo, Tite substituiu o meia Fred pelo atacante Gabriel Jesus aos 16 minutos.

Três minutos depois, mais uma vez com a forte marcação na defesa adversária, o Brasil recuperou a bola com Paquetá. Neymar, então, fez um bom passe para Richarlison, na esquerda, chutar forte de canhota para abrir o placar no Beira-Rio.

Após a entrada de Gabriel Jesus e o gol, o Brasil melhorou na partida. Aos 25, o atacante do Manchester City fez uma boa jogada pela esquerda e bateu para uma boa defesa do goleiro Domínguez.

Um minuto depois, Gabigol recebeu um belo passe de Gabriel Jesus, ajeitou e finalizou de perna esquerda. Mais uma vez, porém, o goleiro Domínguez impediu o gol brasileiro.

No minuto seguinte, Richarlison cruzou da linha de fundo e Gabigol chegou para o cabeceio, mas errou o alvo e desperdiçou uma chance clara de ampliar o marcador. Na sequência, ele acabaria substituído por Roberto Firmino.

Um dos destaques do segundo tempo, mais uma vez Gabriel Jesus foi importante no ataque da Seleção. O camisa 9 disputou bola na pequena área equatoriana e acabou derrubado por Preciado. Após análise do VAR o árbitro marcou a penalidade para o Brasil aos 43 minutos do segundo tempo.

Neymar foi para a batida e, na primeira tentativa, errou a cobrança. Na checagem do lance, porém, o árbitro apontou que o goleiro Domínguez se adiantou e, por isso, o atacante brasileiro teve nova chance de ampliar o marcador.

Na segunda cobrança o craque do PSG não desperdiçou e marcou o gol que selou a vitória brasileira em Porto Alegre, dando sequência à campanha vitoriosa na competição, na qual o Brasil tem 100% de aproveitamento, com cinco vitórias em cinco jogos.

Fonte: CNN Brasil