O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou a proposta que institui a Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais.

Foi aprovado o substitutivo do deputado Arnaldo Jardim (Cidadania-SP) ao Projeto de Lei 312/15, do deputado Rubens Bueno (Cidadania-PR).

Em seguida, foi rejeitado destaque do Novo que pretendia excluir do texto a possibilidade de o governo conceder incentivos tributários para a mudança de padrões de produção e de gestão dos recursos naturais, assim como créditos a juros menores para a recuperação de áreas degradadas.

O projeto seguirá para o Senado.

*câmara dos deputados