FMS/PMT-PI

O Centro de Atenção Psicossocial Infantil CAPS i Dr. Alexandre Nogueira, da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, realizou em 2019 um total de 4.079 atendimentos individuais de crianças e adolescentes de até 17 anos com transtornos mentais graves e severos e em uso abusivo de álcool e outras drogas.

O Centro funciona de 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, e é composto por enfermeiro, psiquiatra, assistente social, psicólogo, terapeuta ocupacional, cuidadores, redutores de danos, técnico em enfermagem, nutricionistas, fonoaudiólogos e artesãos. “O Centro tem 770 prontuários de crianças em aberto, ou seja: atende todas essas crianças e adolescentes com transtornos mentais graves e persistentes e problemas relacionados ao uso e abuso de álcool e outras drogas e suas famílias de referência dentro da abrangência do território. Dessa forma é possível a reorganização social, emocional, educacional e laborativa para a vivência plena da cidadania”, explica Sayonara Lima, coordenadora do CAPS.

Em 2019 aconteceram 5.542 atendimentos familiares no CAPSi. Foram 116 atendimentos domiciliares, 119 atendimentos a crises, 401 admissões, 427 acolhimentos masculinos, 260 acolhimentos femininos e 884 buscas ativas. O acesso aos serviços do CASPi se dá mediante demanda espontânea, busca ativa ou encaminhada, sendo que o processo de acolhimento é efetivado mediante triagem realizada por um profissional da equipe multiprofissional.

As atividades realizadas no CAPSi são: atendimento individual (medicamentoso, psicoterápico e de orientação, entre outros); atendimento em grupos (psicoterapia, grupo operativo e atividades de suporte social, entre outros); atendimento em oficinas terapêuticas executadas por profissional de nível superior ou nível médio; visitas e atendimentos domiciliares; atendimento à família; atividades comunitárias enfocando a integração da criança e do adolescente na família, na escola, na comunidade ou quaisquer outras formas de inserção social; desenvolvimento de ações inter-setoriais, principalmente com as áreas de assistência social, educação e justiça e apoio matricial às equipes na atenção básica visando atendimento conjunto em situações complexas que envolve a saúde mental do território área.


CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET


Fonte:Redação Manchete Net/ FMS/PMT-PI