Tico Santa Cruz detonou discurso de Tirullipa (Imagem: Reprodução / Instagram)

Acostumado a falar o que pensa, Tico Santa Cruz soltou o verbo na web novamente. Desta vez, o cantor criticou a fala de Tirullipa, que falou sobre as pessoas perdoarem DJ Ivis, que foi preso por agredir Pamella Holanda, sua então esposa.

No seu discurso, Tico disparou: “Fazer videozinhos no Instagram pra pedir perdão pra espancador de mulher… Quem perdoa é Deus, amigo. Esse Deus aí, que esses espancadores e violentadores usam quando são descobertos, não é o mesmo Deus”.

“Parem de usar o nome de Deus pra justificar maldade de vocês, homens. Parem de usar o nome de Deus pra se proteger depois que são descobertos. Deus é amor, não importa sua religião”, completou.

“O Tirullipa veio a público pedir que as pessoas deem o perdão e falando de Deus, Deus, Deus. E o espancador de mulher vem pedir desculpas e fala de Deus, Deus, Deus”, pontuou o vocalista do Detonautas.

Na sequência, o artista voltou a frisar: “Deus é amor, então não faz o menor sentido uma pessoa entrar numa escalada de violência a ponto de agredir a esposa na frente da sogra e da filha bebê. E depois que é descoberto e perde dinheiro, contratos, parcerias, vem falar de Deus. Assim como o outro lá, o comediante vem usar a palavra de Deus e ainda usar como argumento as filhas”.

“Meu amigo, a luta contra a violência doméstica e violência contra a mulher, não é porque eu tenho filhas, mãe ou avó, é porque historicamente são as mulheres vítimas de violência. Isso que vocês fazem é pra conseguir seguidor e parecer bonzinho, gente boa. Não há mais espaço pra esse tipo de correlação. Estamos falando de correlação de poder”, pontuou.

Por fim, Tico Santa Cruz ainda deixou um conselho ao humorista: “Então, Tirullipa, faz a sua gracinha em outro lugar, amigo. No palco, no picadeiro… Você tem 26 milhões de seguidores. Se você quer mesmo perdoar o cara que fez o que fez, faz o seguinte: começa um trabalho social de conscientização pros seus amigos, pra homens violentos e agressores. Mostra os dados, mostra o número de mulheres agredidas e mortas que não têm uma segunda chance”.

Para quem não sabe, em sua declaração, Tirullipa afirmou: “Não é justo o que ele fez, mas Deus vai tocar ele. Eu tenho certeza que ele vai voltar transformado um dia. E a gente vai dar oportunidade, sim, porque o mundo é de oportunidades, tem que perdoar. Jesus morreu na cruz por nós, perdoou todos nossos pecados. Tem que perdoar. Seja como for, faça como Jesus fez… porque você pode ter a carreira que tiver, a o dinheiro que tiver, mas sem Deus você não é nada”.

“Com as informações do RD1