Foto reprodução

A equipe do Atlas Recife foi uma das grandes protagonistas da II Copa SESC Verão de Beach Goalpost 2020.

Mostrando que tinha méritos para ser considerada uma das favoritas ao título, a equipe fez jus ao favoritismo tendo chegado à grande final para jogar contra outro grande e inesperado favorito: o Africa United.

Após um jogo onde qualquer dos finalistas poderia sair vitorioso, o Atlas Recife acabou sendo derrotado, mas manteve-se de pé, vendendo caro a derrota e jogando de igual para igual contra um time africano com um forte esquema de marcação, jogo este em que os pequenos detalhes fizeram a diferença em favor dos time comandado por Tomás Soque, capitão e defensor do Africa United.

No final, como forma de reconhecimento pelo mérito do adversário e em respeito ao resultado, os jogadores do Atlas Recife abriram um corredor humano para abrir passagem para os campeões do Africa United, o que refletiu numa calorosa salva de palmas para os atletas por este belo ato no esporte. Iniciado pelo capitão do time, Renan, Kleytinho, Ariel, Renato e Rosenildo formaram o corredor, o que também foi bastante apreciado pelos africanos que também retribuíram com calorosos aplausos.


CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET


Fonte:Redação Manchete Net/goalpost.com.br