Christian Horner acredita que a Fórmula poderia compactar o final de semana de corrida eliminando algumas sessões de treinos livres.

O chefe da Red Bull afirma que três sessões antes da qualificação e corrida são desnecessárias, especialmente com os ambiciosos planos da Liberty Media de expandir o calendário de corrida para além das 21 corridas deste ano.

Christian Horner

A organização da F1 deixou claro que a estrutura do final de semana de corrida é uma área que eles planejam mudanças, no entanto, nada foi definido até o momento.

Mas Horner insiste que o fim de semana de corrida teria que ser reduzido se o calendário passar de 21 corridas por ano.

“Acho que depende de quantas corridas teremos”, disse ele.

“Se acabarmos fazendo mais corridas, então nós precisamos compactar o tempo ou talvez tenhamos visto uma sessão funcionando bem o suficiente na sexta-feira aqui, talvez uma boa sessão seja o caminho a ser seguido e as pessoas possam aparecer um pouquinho mais tarde.

“Uma sessão é suficiente para o fim de semana.”

Horner não foi o único a pedir por um final de semana de corrida mais curto. Daniil Kvyat também acredita que os treinos de sexta-feira deveriam ser eliminados.

Fonte: F1 Mania