Com planos de adoção, futuro pai é preso por estuprar criança de 4 anos

TERESINA/PI (CIDADE VERDE) – Com planos de adotar a criança, F.A.V.S., de 23 anos, foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável. A vítima é uma criança de quatro anos, que morava na casa do suspeito, após os pais biológicos se separarem. Ela estava abrigada junto com a mãe na residência do suspeito há alguns meses.

O caso ocorreu no município de Batalha (a 154 km de Teresina) e o cumprimento do mandado de prisão preventiva do suspeito foi realizado ontem (20), pela Degalacia do município com o apoio da Polícia Militar.  Segundo o delegado Denis Sampaio, F.A.V.S dormia com a criança na mesma cama junto com a sua companheira. Ele pretendia ficar com a criança e adotá-la.

“A mulher  (do suspeito) disse que nunca presenciou a prática de nenhum ato libidinoso por parte do companheiro, no entanto, a criança relatou aos psicólogos da Prefeitura todos os abusos que sofreu”, ressaltou Denis Sampaio.

O delegado destacou que a mãe da criança não tinha parentesco nem amizade com o casal. No desespero de não ter onde dormir com a filha acabou por aceitar o convite do casal de se abrigar na casa.  Elas eram da zona rural do município.

“Depois da separação (ela) ficou sem ter para onde ir. Estava sem teto e foi convidada (por essa) família. Deixou que a filha dormisse na mesma casa do casal, acreditando que estava recebendo os cuidados de que ela precisava. Nos parece que a mulher (do indiciado) nada sabia do que estava acontecendo, ou seja, do que o companheiro dela estava praticando”.

O delegado tomou conhecimento do caso após denúncias do Conselho Tutelar de Batalha que, depois de reunir provas suficientes, representou pela prisão preventiva do suspeito.

“A juíza da comarca de Batalha expediu o mandado de prisão e Francisco Antônio está aguardando na delegacia de Batalha uma vaga no sistema prisional”, disse Sampaio.

De acordo com o delegado, o indicado possui antecedentes criminais, não de natureza sexual, e sim de tentativa de homicídio, lesão corporal e maus-tratos contra animais.