Foto: Ascom/FAB

A chegada dos pacientes de Manaus (AM) diagnosticados com covid-19 foi adiada mais uma vez.

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que deveria decolar no final da noite desta quinta-feira (14) com previsão de chegar em Teresina na madrugada de sexta-feira (15), não levantou voo devido à falta de oxigênio suficiente para garantir a transferência dessas pessoas com segurança. A informação é da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Em nota, a FMS explicou que por volta das 22h40 foi informada pelo Ministério da Saúde que o avião da FAB não iria mais decolar hoje. “Avião não realizou voo por falta de oxigênio suficiente para a remoção dos pacientes com segurança”, diz o comunicado.

Ainda de acordo com a FMS, a previsão do Ministério da Saúde é de transferir os pacientes ainda nesta sexta-feira (15), no entanto, ainda não há informações sobre o horário em que o avião deve sair de Manaus. As pessoas diagnosticadas com covid-19 serão internadas no Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU/UFPI).

“A previsão do Ministério da Saúde é de realizar a transferência dos pacientes ainda amanhã(15). A FMS aguarda a definição do Ministério da Saúde sobre o novo horário do voo”, consta na nota.

Leia a nota da FMS na íntegra:

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) recebeu agora à pouco (22h 39) a informação do Ministério da Saúde de que o avião da Força Aérea Brasileira não vai decolar hoje(14) de Manaus com pacientes com COVID para ser internados em Teresina. O avião não realizou vôo por falta de oxigênio suficiente para a remoção dos pacientes com segurança.

A previsão do Ministério da Saúde é de realizar a transferência dos pacientes ainda amanhã(15). A FMS aguarda a definição do Ministério da Saúde sobre o novo horário do voo.

*Com as informações do FMS/GP1