Corpos com sinais de tortura são encontrados amarrados na zona Norte

(CIDADE VERDE) – Dois corpos foram encontrados amarrados em área de matagal, próximo à Avenida Josué de Moura Santos, na Santa Maria da Codipi, zona Norte de Teresina, nesta terça-feira (2).  Os cadáveres, que possuem sinais de tortura, estavam presos em uma árvore.

O Comandante de Policiamento de Unidade do 13º BPM, sargento Antônio Manoel, informou que há marcas de tiros nos corpos. Um das vítimas foi identificada apenas como Alisson e seria morador da região do Parque Wall Ferraz. Os dois aparentam ter entre 30 a 32 anos.

Um dos corpos foi achado com parte da roupa retirada e sem órgão genital. Ainda não há informações se a vítima foi decepada ou se animais comeram parte do cadáver, que já está em decomposição. Pelo estado dos corpos, que estavam a 100 metros da Avenida Josué de Moura Santos, a morte teria ocorrido há pelo menos quatro dias.

As características de um dos corpos se assemelham às de um jovem desaparecido. A polícia aguarda a confirmação das identidades para iniciar os levantamentos e definir linhas de investigação. Os policiais ainda encontraram uma ossada humana no mesmo terreno que, a princípio, não tem relação com o duplo assassinato.

De acordo com a Polícia Militar, a área é conhecida pela desova de cadáveres. “Não é o primeiro caso de desovas na região. Geralmente ocorre acerto de contas, são elementos que já fazem parte do mundo do crime”, informou o Major Pessoa, comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar.

O Instituto Médico Legal foi acionado.

O Departamento de Homicídios Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o duplo homicídio.

Em 24h três corpos foram encontrados na região da Santa Maria da Codipi. Ontem o corpo de um  jovem foi achado com Vila Dilma Rouseff com mais de 20 perfurações.