Foto reprodução/FMS

Teresina está com índices em queda relativos à Covid-19 na 23ª Semana Epidemiológica, de 6 a 12 deste junho, em relação à 22ª Semana Epidemiológica de 30/05 a 5/6.

Conforme os indicadores caíram em 24% os casos de síndromes gripais e em 19% os casos confirmados de Covid-19 em Teresina.

As internações por síndrome respiratória grave caíram 19%, os óbitos em 18% e permaneceram estáveis em 24% as solicitações do exame RT-PCR para diagnosticar casos de Covid-19.

Esses dados são do Comitê de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina analisados com base nos atendimentos realizados em Teresina. Em relação à média móvel de sete dias, a taxa de transmissão com o R0 (transmissibilidade do agente infeccioso) dos casos confirmados foi de 0,89, na 22ª semana epidemiológica, e caiu para 0,78 na 23ª semana. No caso do R0 atendimentos por síndromes gripais a queda foi de 0,95 para 0,81 no mesmo período.

O infectologista e coordenador médico do COE, Walfrido Salmito, analisa que essas reduções são devido a vários aspectos como a quantidade de pessoas que já se vacinaram e a quantidade de infectados. “Diante de uma boa notícia de redução de casos, internações e óbitos é preciso manter cautela e todas as medidas de prevenção evitando aglomeração, uso da máscara facial e higienização das mãos.

O médico alerta que a Covid-19 é uma doença imprevisível e possível de ter outra onda e que toda cautela é necessária.

Fonte: FMS