A denúncia, formulada pelo Ministério Público do Piauí (MP-PI), contra Deivid Ferreira de Sousa, acusado de assassinar o estudante Gabriel Brenno, foi recebida pela juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, na última terça-feira (1º/10).

A magistrada, que recebeu a denúncia em todos os termos do MP, considerou que o acusado está suficientemente identificado e a classificação dos fatos se encontra em consonância com a descrição da denúncia.

O acusado ainda deverá ser advertido de que, depois de citado, não poderá mudar de residência ou se ausentar dela sem comunicar à Justiça onde possa ser encontrado, pois, caso não seja encontrado no endereço fornecido, os atos processuais serão realizados sem a sua presença.

Foi dado prazo de 10 dias para o acusado responder à acusação.

Fonte:180 Graus