Foto reprodução camara de segurança do hospital zona norte Teresina

 O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHP) assumiu a investigação do caso do segurança de um hospital particular na zona Norte de Teresina baleado durante o trabalho e pede pistas sobre os criminosos.

O caso ocorreu no mês de agosto e foi registrado por câmeras de segurança.

No vídeo é possível perceber o criminoso caminhando na rua, antes de abordar o segurança. Os dois entram em luta corporal. A vítima é baleada e socorrida por funcionários do próprio hospital. O bandido- que usa boné, camisa preta e calça jeans- sai com duas armas nas mãos até fugir de moto com um comparsa.

O segurança do hospital teve alta, mas seu estado de saúde ainda requer cuidados. Ele, inclusive, pode ficar sem andar devido a gravidade das lesões causadas pelos dois tiros.

O delegado Genival Vilela, do DHPP, revela que uma das linhas de investigação indica que o segurança foi vítima de uma tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte).

“Possivelmente, eles passaram na rua e viram no segurança uma vítima em potencial e voltaram para roubar a arma. Essa é uma das linhas de investigação, mas não descartamos outras possibilidades”, disse Vilela.

O delegado orienta que a população denuncie por meio do 181.

“Estamos divulgando, novamente, as imagens para quem tiver qualquer informação que leve a identificação dos autores que o faça através do 181. A pessoa não precisa se identificar, nem vir ao DHPP. Basta prestar a informação que leve à identificação dos indivíduos”, orienta Vilela.

*Com as informações do Cidade Verde