O AVC (acidente vascular cerebral) ou AVE (acidente vascular encefálico), estatisticamente, irá acontecer em 1 a cada 6 pessoas. Esta prevalência extremamente aumentada se deve a diversos fatores, como:

Maior expectativa de vida, e consequente aumento da população idosa; Obesidade; Hipertensão arterial; Doenças cardiovasculares;

E muito mais!

Mas, quais sinais são indicativos de AVC? O que precisa ser feito? Saiba tudo a seguir!

Sinais e sintomas do AVC

O Acidente Vascular Cerebral pode acometer áreas distintas do cérebro, e por isso, a clínica varia dentre os pacientes. Vale lembrar que existem diversos tipos de AVC, e cada um deles terá suas particularidades de tratamento e também de recuperação.

Em geral, a população deve-se atentar para:

1) Perda súbita de consciência

A alteração do nível de consciência pode estar presença em diversas condições, inclusive no AVC. Esta é uma manifestação que será percebida pelas pessoas que estiverem próximas do paciente, sendo sempre um sinal de gravidade.

2) Dor de cabeça intensa

A cefaleia também pode ser manifestação de AVC. Ela costuma ser relatada como a “pior dor de cabeça da vida”, e geralmente está presente com outros sintomas (descritos neste post).

3) Perda de movimento ou de sensibilidade

O indivíduo pode perder subitamente o movimento dos braços e/ou pernas, na maioria das vezes, em apenas um dos lados do corpo. Pode haver também a perda de sensibilidade.

4) Paralisia facial

Os músculos da face podem paralisar no AVC, e assim, o paciente consegue mexer apenas um lado da boca, não conseguir levantar as sobrancelhas, e muito mais.

5) Dificuldades na fala

Esta também é uma manifestação muito comum do AVC, e que preocupa quem está próximo. O paciente perde a capacidade de articular palavras e tem como resultado uma fala de difícil compreensão.

6) Confusão mental

A dificuldade de compreensão do que está acontecendo, ou mesmo falas sem sentido, também são consequências do AVC. O indivíduo pode responder perguntas de forma desconexa.

Por exemplo, ao ser questionado sobre seu nome, responder “está chovendo”.

7) Alterações na visão

A visão também pode ser acometida durante um AVC, afetando um ou os dois olhos.

Qual a melhor conduta?

Sem dúvidas, a melhor forma de combater é o AVC é através da prevenção. Pensando nisso, é essencial que todas as doenças crônicas sejam tratadas e acompanhadas por um médico.

Caso você ainda não tenha um diagnóstico, realize consultas anuais para que qualquer alteração em seu organismo seja descoberta ainda em fases iniciais.

E, no caso de aparecimento de qualquer sintoma, busque um médico imediatamente. Situações de emergência deverão contar com o suporte do SAMU, através do número 192.

*Com informações blogricardofarias