Fotomontagem: Bruno Avila / Metrópoles

Um caso que aconteceu em Vicente Pires, na região da Colônia Agrícola Samambaia vem surpreendendo o Brasil, pois uma mãe foi presa, acusada de matar sua própria filha, de apenas 2 anos.

Trata-se de Laryssa Yasmin Pires de Moraes, de 21 anos. A jovem não teria grandes motivos para cometer o crime, portanto a Polícia investiga se a jovem estaria sob efeito de drogas, uma vez que teria histórico de dependência química.

Publicidade

Laryssa foi expulsa da casa de seus pais após ter se drogado e, por isso, pediu para passar alguns dias na casa do ex-namorado, Giuvan Félix. A filha do ex-casal, Júlia Félix, também estava na residência. Segundo testemunhas, antes de terem dormido, Laryssa e Giuvan teriam discutido.

Laryssa brigava pela guarda da criança e havia falado que voltaria com sua ex-namorada, tentando irritar e causar ciúmes no ex-companheiro, o que não teria surtido efeito. A jovem, em depoimento, assumiu o crime e contou como matou sua própria filha.

Segundo o divulgado pela Polícia, Laryssa tentou sufocar a jovem, mas não teria conseguido, e em seguida acertou-a com facadas.

A Perícia identificou que o primeiro golpe que Laryssa acertou não teria ferido sua filha, pois ela teria utilizado pouca força, mas o segundo teria perfurado a criança entre o pescoço e o peito. Para assassinar a filha, a mãe teria colocado um colchão de berço sobre a pia e a filha em cima.

Após ter cometido o crime, Laryssa também tentou golpear seu ex, Giuvan, que estava dormindo no quarto e acordou, reagindo. Tentando desarmar a jovem e ligando para a emergência, o rapaz foi atingido no rosto, com a faca.

CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET


Fonte:Redação Manchete Net/ 1 News