Em coletiva de imprensa, o prefeito Doutor Pessoa (MDB) apresentou a proposta para resolver o problema dos ônibus e chegar a um consenso com os empresários do setor de transporte público. Segundo o prefeito, a proposta da prefeitura passa por:  

  1. Discussão sobre pagamento dos subsídios relativos ao ano de 2021
  2. Auditoria para discutir o valor cobrado pelos empresários relativo a anos anteriores
  3. Controle da bilhetagem eletrônica por parte da prefeitura
  4. Retorno da circulação da frota prevista na ordem de serviço
  5. Obediência da vida média dos ônibus em circulação
  6. Revisão do valor da tarifa
  7. Efetivo funcionamento do sistema de integração
  8. Respeito à quantidade de ônibus em circulação
  9. Gratuidade para estudantes do ensino fundamental (rede pública e privada)
  10. Ônibus com ar-condicionado e Wi Fi

“Esses requisitos relacionados não serão implantados do dia para a noite, mas demos 48 horas para que os empresários possam responder a Prefeitura. Com a resposta positiva, esperamos que os ônibus possam voltar a uma normalidade relativa a partir de segunda”, disse.

O prefeito não esclareceu os pontos da proposta dos empresários, mas fez críticas. “Os empresários apresentaram uma proposta desnutrida, frágil, é praticamente a mesma coisa que acontece há 40 anos. Por isso, a prefeitura apresenta essa proposta e espera um retorno. Se a reposta for negativa, temos um plano B, mas só vou falar o que será o plano B quando os empresários responderem”, ressaltou Dr. Pessoa.

Esperamos os acontecimentos dos próximos capítulos, a resposta dos empresários ou a revelação do plano milagroso intitulado Plano B

 

Redação Manchetenet