O petista reafirmou o compromisso para que Estado  alcance patamar de desenvolvimento.

O governador Wellington Dias (PT) deu posse nesta segunda-feira (06) aos novos gestores estaduais, em concorrida solenidade no Palácio de Karnak. Em seu discurso, o líder petista reforçou seu compromisso para que o Piauí alcance patamar de desenvolvimento e deixou claro aos novos secretários que serão muitos os desafios neste mandato.

Mais uma vez, Dias destacou que trabalhará na gestão com os sete eixos previstos no seu plano de governo, apresentado na campanha de 2018.

— O plano de governo é o nosso manual, nosso livro de cabeceira — frisa.

Ao fim deste mandato, sua meta colocar o Piauí no patamar de desenvolvimento, provando que em 20 anos é possível construir um alicerce de programas, obras e ações para alcançar esse novo padrão.

Confirmou que serão muitas as dificuldades nos próximos três anos e oito meses e alertou aos gestores que todos devem estar preparados para trabalhar muito e apanhar muito.

— Quero agradecer aos que aceitaram esse convite. Agradecer a cada homem, a cada mulher, até por essa conjuntura que estamos vivendo, lembrada pelo nosso deputado Wilson Brandão. O fato, é que todos nós temos que estar preparados para trabalhar muito, para apanhar muito, e sempre animado. Não quero ver ninguém desanimado — comentou.

Lembrando as frases históricas do mestre Yoda de Star Wars

“ Nós temos que estar preparados para trabalhar muito, para apanhar muito”.

Lembrou do lema de campanha da sua coligação, com o “time” do Piauí e disse que a partir de hoje, mais que secretários, os gestores são “servidores do povo”.

— Bem mais que ocupando cargos ou comissões, mas se ocupando de uma missão muito importante: trabalhar pelo desenvolvimento do nosso estado e da nossa gente. Por isso, acrescente uma extensão em seus cargos, a do desenvolvimento do Piauí — completa.

Antes de encerrar a solenidade, Wellington pediu que todos ficassem de pé e conduziu uma oração do pai nosso.

— Fizemos na campanha, vamos fazer depois dela. A oração do pai nosso. Pedindo a Deus que ele possa abençoar a cada um, as famílias, todo povo do Piauí, ao setor público e ao setor privado, a todos os poderes, todos os níveis de governo. Para que a gente possa nesse período, acima dos partidos e acima das coligações, ter esse compromisso com nosso povo. Vamos agradecer já e sei que seremos atendido — pediu.

informações Apoliana Oliveira, 180graus.

e complementos da redação manchetenet.