Foto Divulgações

Um empresário identificado como Patrick Anderson se envolveu em um grave acidente ocorrido na noite de quinta-feira, 7 de maio, na Avenida Miguel Rosa, na zona Sul de Teresina.

Inicialmente, a suspeita seria de que ele e o motorista de outro veículo estariam fazendo um racha, em um determinado momento o empresário perdeu o controle e colidiu contra um poste.

O veículo que ele conduzia era um Mini Cooper conversível avaliado em R$ 200 mil, que ficou completamente destruído na colisão. O empresário estava sozinho no momento do acidente e não se feriu.

“Segundo populares, dois carros se colidiram e este veículo se chocou com um poste. Quando a guarnição chegou ele levantou a voz, chegou a agredir um dos policiais foi necessário fazer a contenção e o mesmo foi encaminhado para a Central de Flagrantes para fazer os procedimentos cabíveis. Aparentemente podemos dizer que, se não foi um racha, os dois veículos em um determinado momento dividiram a pista e um deles não conseguiu segurar o carro”, afirmou o comandante Torres acrescentando que pela situação da colisão que acabou quebrando o poste, pode-se concluir que o empresário vinha em alta velocidade.

Os amigos do empresário disseram ainda que eles estavam bebendo em um lava jato na zona Sul e estariam se deslocando para a zona Leste de Teresina. “Estava todo mundo normal indo para casa de uma parente dele, ele que vinha dirigindo. Ele bebeu um pouco, mas tinha consciência de que ia dirigir. O que aconteceu foi que um carro pressionou ele no poste e ele perdeu o controle. A questão dos policiais é que a pessoa nunca quer ser dada como culpada, ai todos acabaram se exaltando. Não era racha de jeito nenhum, tanto que a pessoa fugiu e ele ficou para prestar queixa, ele bebeu mas não a ponto de fazer racha no meio da rua. Podem analisar imagens de câmeras de segurança e vão ver que o outro carro fechou ele e ele perdeu o controle”, disse uma amiga do empresário.

Fonte:Meio Norte