O secretário de educação de Teresina, Kleber Montezuma, afirmou na última  quinta-feira (19), que dez mil novas vagas devem ser criadas no sistema de ensino da capital com as oito escolas de tempo integral que serão construídas. Os recursos para as obras foram garantidos pelo Ministério da Economia. O financiamento será de US$ 50 milhões, aproximadamente R$ 200 milhões.

“Com esses recursos, a cidade de Teresina vai construir oito grandes escolas de tempo integral. Cada uma delas comporta cerca de 1.200 alunos e vai para os anos finais, ou seja, a criança que está do 6º ano ao 9º ano. Essas escolas vão criar mais de dez mil novas vagas”, explicou o secretário em entrevista à TV Cidade Verde.

Segundo ele, a construção das novas escolas vai liberar prédios que serão transformados em centros de educação infantil. “Vamos liberar cerca de oito prédios que atualmente trabalham com educação no tempo parcial. Esses alunos migrando para as novas escolas, esses prédios serão liberados. Vamos trabalhar também com esses recursos para requalificar esses prédios para torná-los centro de educação infantil. Com isso vamos gerar mais 3 mil vagas, ou seja, vamos para 15 mil vagas em tempo integral”, afirma Montezuma.

A aprovação dos recursos ocorreu durante reunião realizada na Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex). O financiamento também passará crivo do Senado Federal antes da assinatura do contrato e início da liberação dos recursos. O investimento total será de US$ 62,5 milhões, com US$ 50 milhões financiados pelo NBD, banco de fomento dos países integrantes do grupo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), além de US$ 12 milhões de contrapartida da Prefeitura de Teresina.