O peixe-pênis vive enterrado na areia Ryan Bodestein via Flickr

Milhares de peixes-pênis fizeram desaparecer a areia da praia de Drakes Beach, no litoral da Califórnia (EUA), na semana passada.

O estranho fenômeno foi provocado por uma tempestade que atingiu a região, provocando uma forte ressaca que carregou toneladas de areia para dentro do mar, expondo os vermes marinhos com formato fálico.

View this post on Instagram

SHOOK ? Thousands of these marine worms—called fat innkeeper worms, or “penis fish”—were found on Drake’s Beach last week! These phallic organisms are quite common along the West coast of North America, but they spend their whole lives in U-shaped burrows under the sand, so few beachgoers are aware of their existence. ⛈? A recent storm in Northern California brought strong waves that washed away several feet of sand from the intertidal zone, leaving all these fat innkeeper worms exposed on the surface. ? Next time you go to the beach, just think about the hundreds of 10-inch, pink sausages wiggling around just a few feet under the sand. ? . . Get the full story in our new #AsktheNaturalist with @california_natural_history via link in bio! (?: Beach photo courtesy David Ford; Worm photo by Kate Montana via iNaturalist)

A post shared by Bay Nature Magazine (@baynaturemagazine) on

Peixe-pênis vive enterrado

O peixe-pênis, também conhecido como verme gordo, vive enterrado no fundo do mar ou na zona entre-marés, a faixa de areia que é exposta apenas durante a maré baixa.

Este verme grande e de forma curiosa ocorre nas praias da costa nos dois lados do Pacífico. Ele pode medir entre 10 e 30 centímetros e cava túneis em forma de U, alimentando-se de detritos que se acumulam na areia.

Na costa asiática do Pacífico, o peixe-pênis é comida.

Na Coreia do Sul, onde é chamado de gaebul, é comido cru, temperado com sal, óleo de gergelim e o tradicional molho picante gochujang.

Já na China, o verme é frito com legumes. Ele também é usado seco e em pó para intensifcar o umami — o “sabor agradável” que é um dos cinco gostos básicos do paladar humano ao lado do ácido, doce, amargo e salgado.


 


Fonte:Redação manchetenet/R7