O ex-candidato à Presidência da República Ciro Gomes disse que para ele, os deputados federais integrantes do PDT que desrespeitaram a orientação do partido quando da votação da Reforma da Previdência deveriam deixar a sigla. 

“Não acho, francamente, que ela [deputada Tabata Amaral] tenha mais lugar para ficar no PDT. Acho que ela deveria sair, assim como os outros deputados do partido que votaram a favor da reforma também”, declarou.

Todos os políticos devem enfrentar a comissão interna de ética do PDT.

Os procedimentos devem começar a ser abertos a partir de quarta-feira (17).

A publicação é do UOL, voltada para Tabata Amaral, de São Paulo. Mas dela se infere que a caça às bruxas é para todos os que desobedeceram a orientação partidária. Confira.

Fonte: UOL