Flordelis é acusada de induzir filho a mudar depoimento

Lucas dos Santos está preso e é réu no assassinato que completa cinco meses

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) foi acusada de induzir um de seus filhos, o jovem Lucas dos Santos, de 18 anos, a mudar o depoimento dele sobre a morte do pastor Anderson do Carmo.

No fim de setembro, uma carta assinada por Lucas foi divulgada pela parlamentar. Nela, o filho assumia toda a responsabilidade pela morte.

A acusação foi feita por Regiane Ramos, uma testemunha do assassinato ouvida pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ela é ex-patroa de Lucas e falou à Justiça no dia 31 de outubro.

Ela ainda acusou os advogados de Flávio dos Santos, outro filho de Flordelis envolvido no assassinato, de pressionarem a mudança de versão.

Flávio e Lucas estão presos preventivamente por participação no crime. Flordelis negou que tenha induzido seu filho a mentir. O caso completa cinco meses neste sábado (16).



CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET




Fonte:Redação Manchete Net/Pleno News