Ig/Montagem-Russel

Começou a circular nas redes sociais e até em grupos de mensagens, que funcionários da Globo irão realizar um protesto contra a emissora no próximo dia 10 de janeiro. A notícia foi dada hoje em primeira mão pelo jornalista Ricardo Feltrin.

O protesto deve ser realizar na sede da empresa em São Paulo e ainda não foi confirmado quantas pessoas estarão presentes. O que estes funcionários querem é denunciar as mudanças que estão sendo feitas em planos de saúde, além de condenarem as demissões e cortes já anunciados pela Globo.

Vários jornalistas estão reclamando das mudanças no regime de contratação da emissora e também nos planos de saúde. Ali Kamel, diretor de Jornalismo, respondeu a algumas destas cobranças que estão sendo feitas.

Para o jornalista Ricardo Feltrin, a Globo negou que os funcionários serão prejudicados com as mudanças que serão realizadas nos planos de saúde, pois nenhum tratamento será interrompido.

A questão é que vários funcionários acham justamente o contrário, que serão prejudicados com as novas regras.

Os funcionários da TV Globo vão fazer história! No dia 10/01/2020 faremos uma paralisação geral. Fecharemos as duas entradas da TV Globo São Paulo para reivindicar nossos direitos“, é o que diz uma das supostas mensagens trocadas entre os profissionais.

Esta mensagem foi obtida com exclusividade por Ricardo Feltrin e mostra que a emissora pode encarar um problema sério já no início de 2020.

Em nota, a Globo informou que está buscando ‘eficiência e evolução constante’, por isso, vem estudando pacotes de benefícios e precisa fazer alguns ajustes para continuar oferecendo uma cobertura abrangente.


 


Fonte:Redação Manchete Net/1news.