Nesta quarta-feira, 2 de outubro, o narrador Galvão Bueno fez a transmissão da semifinal da Libertadores da América. A Globo escalou seu principal narrador para a partida entre Grêmio e Flamengo. O narrador, no entanto, ficou devendo.

Muito rouco, Galvão não teve forças nem mesmo para gritar um “Gol” com alegria. A situação aconteceu tanto no gol do Flamengo, quanto no do Grêmio. A partida terminou empatada em 1 a 1, mas teve ainda três gols anulados do Flamengo.

Durante o Segue o Jogo, programa que é exibido logo após o jogo, Galvão Bueno decidiu pedir desculpas. Ele disse que realmente ficou devendo para os dois times e que a transmissão foi  muito emocionante, merecendo algo melhor. “Peço desculpas aos milhões de telespectadores”, disse o apresentador, que ainda estava na Arena do Grêmio, ao lado dos comentaristas Casagrande e Junior.

O que ninguém poderia imaginar, no entanto, é que o narrador revelasse uma doença ao vivo. De acordo com Galvão, ele está sofrendo de uma forte gripe e que, por isso, teria ficado muito rouco.  A situação na transmissão piorou ainda mais no segundo tempo, quando, em alguns momentos, ficou quase impossível para Galvão continuar.

Gustavo Villani, comovido com a situação do colega, decidiu dizer que só alguém da grandeza de Galvão poderia reconhecer que dava para dar mais em um jogo com o esse. Vale lembrar que, em algumas entrevistas, o locutor confessou ser torcedor do Flamengo.  Não é a primeira vez que Galvão perde a voz. A situação, inclusive, tem sido recorrente nos últimos tempos.

Fonte: 1 News