Ele era vice-presidente da instituição. O pastor dizia à menina que iria devolvê-la e a ameaçava de morte caso ela contasse os abusos a alguém

Um pastor de 29 anos foi preso suspeito de abusar sexualmente de uma adolescente de 15 anos. A garota está abrigada na instituição da qual ele era vice-presidente. Os abusos teriam começado há nove meses, em novembro de 2018.

O caso aconteceu em Naviraí-MS. O homem foi preso no último sábado (27/7). De acordo com a delegada Sayara Baetz, o pastor dizia à adolescente que iria devolvê-la à família caso os abusos fossem interrompidos e a ameaçava de morte se contasse para alguém.

Caso é investigado pela DAM de Naviraí.

Ainda segundo a delegada, a vítima está no abrigo há dois anos por ter sofrido violência familiar. Os abusos praticados pelo pastor teriam começado em novembro de 2018.

Há relatos de outras meninas do abrigo quanto a assédio. No entanto, outros abusos sexuais não foram relatados.

Fonte: Meio Norte