De acordo com os pesquisadores, liderados pelo professor Shmuel Shapiro, a fase de desenvolvimento do anticorpo já foi concluída.

O Instituto de Israel para a Investigação Biotecnológica, vinculado ao Ministério da Defesa do país, anunciou nesta terça-feira (05) que desenvolveu um anticorpo para o coronavírus.

O órgão prepara a patente para posteriormente entrar em contato com empresas farmacêuticas.

De acordo com os pesquisadores, liderados pelo professor Shmuel Shapiro, a fase de desenvolvimento do anticorpo já foi concluída. O ministro da Defesa de Israel, Naftali Benet, afirmou após visita ao instituto que, o anticorpo ataca o vírus de forma monoclonal e qualificou o trabalho desenvolvido como uma grande conquista. “Estou orgulhoso do pessoal do Instituto de Biotecnologia por esse avanço. A criatividade e o pensamento judaico atingiram grande resultado”, completou o ministro.

O texto não especificou se foram realizados testes em seres humanos. O Instituto para a Investigação e Biotecnologia de Israel realiza atividades, como: investigação de armas químicas e busca por antídotos contra novas substâncias.

Fonte: Radio Tupi