Jovem foi morto a tiros por engano. Crédito: Reprodução/WhatsApp.

Um jovem de 19 anos foi assassinado a tiros de revolver na noite deste sábado (19).

Ele estava com um amigo indo para uma festa junina quando foi alvejado por pistoleiros. A suspeita da polícia é que ele tenha sido morto por engano, em razação da companhia de um amigo.

A vítima foi identificadada como Wallisson Vagner de Sousa, de 19 anos, que foi assassinado com tiros de revólver às 22h30, na Rua Gonçalves Ledo, bairro Real Copagre, zona Norte de Teresina, no momento que estava caminhando com um amigo, Carlos Eduardo Sousa, para a festa.

Wallisson Vagner e Carlos Eduardo foram perseguidos pelos pistoleiros, que estavam em um automóvel. Os criminosos efetuaram tiros contra os dois e fugiram. Carlos Eduardo também foi baleado, fugiu e foi encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT) com vida. Carlos Eduardo era quem os pistoleiros queriam matar e é ex-presidiário.

A Polícia Civil concluiu que Wallisson Vagner morreu por engano, por estar, no momento, na companhia de Carlos Eduardo. Uma guarnição da Força Tática do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM) foi acionada e isolou o local do crime. Funcionários do Instituto Médico Legal (IML) resgataram o corpo de Wallisson Vagner para a realização de exame cadavérico.

“Com as informações do Meio Norte