De acordo com informações do Sargento Teixeira, os policiais militares do 13º batalhão foram acionados para atender a ocorrência de um possível assassinato em um matagal da região.

“A menor nos relatou que foi levada para esse matagal pela maior, quando nós chegamos lá elas já estavam discutindo, uma com uma faca na mão. A informação é que a menor andou se envolvendo com um homem casado e a jovem resolveu tirar satisfação. Como as duas estavam brigando as duas foram levadas para a Central de Flagrantes por que deveriam estar na escola”, disse.

A adolescente negou as informações. “Eu não estava ficando com nenhum homem casado não, eu tenho um relacionamento. Ela me levou para cima do morro e pegou a faca para me furar, a faca caiu e eu peguei da mão dela para furar ela também. Não foi eu que fiquei com ele, ela queria pegar minha outra amiga, mas como não conseguiu me levou”, afirmou a menor.

A jovem de 18 anos afirmou que não teve participação no fato. “Não foi eu que levei ela para lugar nenhum, foram as outras meninas, ela veio para cima de mim sem eu ter nada a ver”, declarou.

Segundo o sargento Teixeira, o homem alvo da discussão das meninas é conhecido da polícia. “Ele é o famoso bocão, pode esperar que vou atrás de ti bocão, eu vou te prender”, afirmou o PM.

*Fonte Meio Norte.