Jovem que atirou na namorada em Campo Maior já tinha histórico de agressões contra a vítima

O jovem Breno Ramos Leite Brito, de 23 anos, continua preso na delegacia de Campo Maior e a polícia civil tem 10 dias para concluir o inquérito e tipificar o tipo de crime e formular denúncia contra o mesmo.

Breno foi preso na madrugada de domingo (20/01) depois de atirar contra a sua namorada, a jovem Isabelly Cristina Pereira dos Santos, de 21 anos. O caso aconteceu do lado de fora da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), onde os dois participavam de uma festa.

Familiares da moça contaram para a polícia que Breno já teria agredido a namorada em outros momentos. Apesar da informação dos familiares, a polícia confirma que o suspeito não tinha nenhuma passagem pela policia por violência domestica ou qualquer outro crime.

O CRIME

Segundo o Major Etevaldo Alves, Comandante do 15º BPM, a polícia não havia sido informada do evento na AABB, mas, por volta da 03hs da manhã, uma viatura passava pelo local, momentos depois do ocorrido. Breno teria discutido com a namorada e fez o disparo na região do abdome da vítima.  O rapaz tentava colocar a vítima no seu carro para levá-la ao Hospital. O mesmo recebeu voz de prisão.

“O que sabemos é que houve um desentendimento entre o casal já fora do clube, e houve um disparo na barriga da vítima. O próprio acusado tentou socorrer a moça” disse Etevaldo.

Isabelly foi encaminhada ao Hospital Regional de Campo Maior e em seguida transferida para Teresina, onde passou por cirurgia para retirada do projétil que se encontrava alojada na região abdominal, e passa bem.

A polícia apreendeu a arma, um revólver calibre 32, com 6 munições, uma delas deflagrada, além de uma arma branca, um punhal.

O chefe de cartório da Delegacia Regional Baker Martins disse que nesta segunda-feira será dado andamento no processo e que Breno continua preso.

Fonte: Campo maior em foco.