Foi realizada na manhã desta quinta-feira (08/08) no Fórum Criminal a audiência de custódia de Deivid Ferreira, suspeito de matar o estudante Gabriel Brenno com um tiro na cabeça no Centro de Teresina no dia 17 de julho.

Deivid teve a sua prisão mantida. A audiência foi presidida pela juíza Patrícia Luz Cavalcante, que analisou possíveis maus-tratos contra o suspeito, o que foi negado por ele.

Com o resultado, Deivid deve ser transferido ainda nesta quinta-feira para unidade prisional do estado.

Mais cedo, familiares e amigos estavam na porta do Fórum protestando e pedindo justiça pela morte de Gabriel. A mãe do estudante, Janaína Nogueira disse em entrevista à TV Antena 10 que não perdoa Deivid e quer que a justiça seja feita.

“Eu não acredito no choro dele, eu não acredito no arrependimento dele, porque se ele tivesse arrependido ele não estaria vendendo uma casa para fugir, ele teria se entregado. Eu espero que ele fique preso, ele não pode ter liberdade porque meu filho nunca mais vai ver o sol nascer e do mesmo jeito eu quero que ele fique preso, quero que seja feita justiça”, disse em entrevista. Com as informações do portal 180 graus.