Bandeira do Brasil foi queimada em protesto, o ato configura crime com pena de detenção de 2 a 4 anos.

Hoje feriado de 7 de setembro, a 29º edição do ato Grito dos excluídos em parceria com a CUT e sindicatos locais, realizarão um ato de protesto contra o Presidente Jair Bolsonaro, as cruzes representam as mortes das pessoas com Covid-19 que no Brasil são 583.866 mil óbitos. No Piauí são 6.963 mortes desde o início da pandemia.

entre discursos e apresentações de bandas regionais, os militantes colocaram fogo na Bandeira Nacional e foi cantada uma versão do hino nacional com letra do grupo dos excluídos e faixas com os dizeres com o “Fora Bolsonaro”

Redação Manchetenet