Colombiano Jhon Jairo Velásquez, 'Popeye', um dos homens do narcotraficante Pablo Escobar, em Medellín, no dia 2 de dezembro de 2015 (Crédito: AFP/Arquivos)

Um dos capangas mais famosos de Pablo Escobar, Jhon Jairo Velásquez (Popeye), de 57 anos, morreu nesta quinta-feira (6) por complicações decorrentes de um câncer terminal do esôfago.

De acordo com o Instituto Nacional Penitenciário e Prisional da Colômbia (INPEC), Popeye estava internado desde o dia 31 de dezembro do ano passado. O capanga de Escobar estava preso desde o dia 25 de maio de 2018. Antes, ele chegou a cumprir mais de 23 anos de prisão por seu envolvimento com o cartel de Medelín.

Antes de ser preso novamente, o sicário de confiança de Escobar chegou a se tornar um ativo e polêmico usuário de redes sociais. Popeye reconheceu ter matado pelo menos 250 pessoas e planejado o assassinato de outras 3.000.


CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET


Fonte:Redação Manchete Net/ESTOÉ