Órgão apura 7 nomeações


O Ministério Público do Rio de Janeiro investiga em 2 inquéritos o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente Jair Bolsonaro, sobre supostas irregularidades em seu gabinete na Câmara Municipal.

As investigações foram abertas com base em reportagem publicada por Época em julho de 2019.

A publicação afirma que o filho 02 de Bolsonaro empregou 7 parentes de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente da República.

Duas pessoas admitiram à revista que nunca trabalharam para o vereador, embora estivessem nomeadas. O MP apura também suspeitas de que outros 3 profissionais nunca deram expediente na Câmara Municipal.

Carlos Bolsonaro não respondeu à Época sobre o caso. Ele foi eleito em 2000 para o cargo de vereador no Rio. Está no seu 5º mandato.

*Fonte Poder 360