Uma mulher foi encontrada na quarta-feira morta em uma casa em Oxford, Indiana, nos Estados Unidos, com uma piton de 2,4 metros enrolada no seu pescoço, segundo o jornal The Guardian.


A residência pertence ao chefe da polícia de Oxford County e foi ele quem encontrou Laura Hurst, de 36 anos, morta.

“Ela parece ter sido estrangulada pela cobra”, disse o porta-voz da polícia estadual do Indiana, Kim Riley. No entanto, acrescentou que esta informação ainda não tinha sido confirmada e que as autoridades vão aguardar pelo relatório da autópsia.

A casa pertence a Don Munson que faz criação de cobras. No total, as autoridades encontraram 140 cobras na casa. Kim Riley adiantou que 20 dessas cobras eram de Laura Hurst, que habitualmente ia à residência visitá-las.

Don Munson afirmou ao Lafayette Journal & Courier que deu “toda a informação” à polícia estadual, que vai prosseguir a investigação do caso.



CLIQUE AQUI PARA CURTIR A FRON PAGE DA MANCHETENET




Fonte:Redação Manchete Net/Noticias ao Minuto