22°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

O líder da inteligência da Ucrânia afirmou que Vladimir Putin pode estar morto há mais de um ano.

Budanov - é conhecido por suas declarações polêmicas

07/09/2023 às 03h21
Por: Francisco Oliveira Fonte: Redação Manchetenet
Compartilhe:
Foto Web eição Manchetenet
Foto Web eição Manchetenet

O oficial de inteligência Kyrylo Budanov declarou não ter provas de que o governante russo ainda esteja vivo e reforçou a suspeita de que dublês estariam assumindo o seu papel.

"O Putin que todos viam foi registrado pela última vez por volta de 26 de junho de 2022", disse o espião à locutora da Rádio Svoboda, Anzhelika Rudenko.

Continua após a publicidade
Anúncio

A radialista perguntou: "Então ele não está vivo ou está muito debilitado?".

Budanov - que é conhecido por suas declarações polêmicas -, respondeu: "Ou ele não quer se mostrar. Pode haver várias explicações razoáveis".

Budanov mencionou um vídeo recente em que Putin olhava para o pulso esquerdo para ver as horas, quando, na verdade, costuma usar relógios no braço direito.

"Vamos deixar que cada um julgue [no que acreditar], que cada um use a própria criatividade", concluiu.

Continua após a publicidade
Anúncio

A saúde de Putin tem sido motivo de conjecturas desde o início da invasão das forças russas à Ucrânia.

O agente chegou a afirmar à rede ABC News, no começo deste ano, que o presidente estava sofrendo problemas graves de saúde.

"Ele está doente há muito tempo. Tenho certeza que ele tem câncer. Acredito que ele morrerá a qualquer momento. Espero que muito em breve", atacou o ucraniano.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias