Vista de um gafanhoto em uma plantação

Argentina anunciou uma diminuição da população de gafanhotos na província de Corrientes, que fica na fronteira com Brasil e Uruguai.

Imagem com Link

Segundo o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa), a nuvem atualmente está localizada 55 quilômetros a oeste de Curuzú Cuatiá, cidade a aproximadamente 180 quilômetros de distância do município de Barra do Quaraí, no Rio Grande do Sul.

As autoridades argentinas informaram que os resultados do último sábado, 27, se deram após ações aéreas realizadas pela província de Corrientes. Além disso, a baixa temperatura contribuiu para o deslocamento dos insetos, monitorado de perto por uma equipe de especialistas da Senasa.

*Com informações do Estadão Conteúdo/Jovem pan