“Assim, pelos seus frutos vocês os reconhecerão!” (Mateus 7:20)


Fruto é o resultado de alguma coisa. Jesus ensina neste versículo a respeito de como podemos reconhecer um falso profeta ou como podemos conhecer uma pessoa pelos seus frutos!

A Bíblia também diz para nos examinarmos a nós mesmos. Quero te encorajar a examinar os seus próprios frutos para saber se são bons.

Algumas vezes no trânsito olho carros com adesivos que dizem que os motoristas são cristãos, mas que tipo de fruto eles estão demonstrando em todo tempo?

Podemos carregar Bíblia, usar adereços cristãos, frequentar grupos de estudos bíblicos, estar na Igreja duas vezes ou mais por semana e ainda assim não estarmos produzindo nenhum fruto bom.

Deus plantou uma lavoura em cada um de nós:

“Pois nós somos cooperadores de Deus; vocês são lavoura de Deus e edifício de Deus.” (1 Coríntios 3:9)

Designou o Espírito Santo como agricultor para produzir em nós frutos: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. (Gálatas 5.21,22)

Vamos examinar qual fruto estamos produzindo! Se alguns deles estiver doente ou estragado peça ao Espírito Santo que o ajude a se livrar dele e a produzir uma nova safra.

“Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lhe pedirem?”

“Pai Amado venho a Ti confessando todos frutos maus que tenho produzido na minha vida. Peço-te que me perdoe e me enchas do Teu Espírito para que possa dar verdadeiros frutos de arrependimento. Oro no nome de Jesus.”
“Espírito, Espírito que desce como fogo, vem como Pentecoste e enche-me de novo.”

Texto: Mônica Guimarães Vicente/Mensagem Diária.