Foto: Divulgação/PC PI

O Ministério da Justiça e Segurança Pública deflagrou, nesta quarta-feira (09), a “Operação Luz na Infância 8” e está cumprindo 176 mandados de busca e apreensão em mais de cinco países e em 18 estados da federação, incluindo o Piauí. A ação tem como objetivo combater e identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet.

No Piauí, a Polícia Civil do Estado cumpriu um mandado de busca e apreensão em um imóvel de Teresina. De acordo com o delegado Matheus Zanatta, da Gerência de Polícia Especializada (GPE), os policiais apreenderam diversos dispositivos eletrônicos que podem ter sido utilizados na prática criminosa de pornografia infantil.

“Está sendo deflagrado em todo o Brasil, com a participação de outros países, a Operação Luz da Infância 8, coordenada pelo Ministério da Justiça. Essa operação visa combater crimes contra atividade sexual infanto-juvenil que estão descritos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Um exemplo desse crime é o armazenamento de material contendo arquivos digitais de abuso e exploração sexual contra criança. Hoje em Teresina foi cumprido um mandato de busca e apreensão domiciliar no intuito de fazer apreensão de dispositivos eletrônicos e computadores para ser periciado e confirmar a ocorrência desse tipo de crime”, declarou o delegado.

Várias outras diligências foram cumpridas nos estados deSão Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Espírito Santo, Roraima, Mato Grosso, Paraná, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Maranhão, Amazonas, Rio Grande do Sul, além de mais cinco países: Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador.

Houve a colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Homeland Security Investigations (HSI), que ofereceu cursos, compartilhamento de boas práticas e capacitações aos policiais envolvidos na operação.

Outras fases da operação

Luz na Infância 1: 20 de outubro de 2017. Foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Foram presas 108 pessoas.

Luz na Infância 2: 17 de maio de 2018. As Polícias Civis dos Estados cumpriram 579 mandados de busca, resultando na prisão de 251 pessoas.

Luz na Infância 3: 22 de novembro de 2018. Operação deflagrada no Brasil e na Argentina com o cumprimento de 110 mandados de busca, resultando na prisão de 46 pessoas.

Luz na Infância 4: 28 de março de 2019. Operação deflagrada em 26 estados e no Distrito Federal resultou no cumprimento de 266 mandados e 141 pessoas presas.

Luz na Infância 5: 04 de setembro de 2019. Operação deflagrada em 14 estados e do Distrito Federal, além dos Estados Unidos, Paraguai, Chile, Panamá, Equador e El Salvador. A ação resultou no cumprimento de 105 mandados e 51 pessoas presas.

Luz na Infância 6: 18 de fevereiro de 2020. Operação envolveu policiais civis de 12 estados, além dos Estados Unidos, Colômbia, Paraguai e Panamá. Foram cumpridos no Brasil e nos quatro países 112 mandados de busca e apreensão.

Luz na Infância 7: 06 de novembro de 2020. Operação envolveu policiais civis de 12 estados, além dos Estados Unidos, Argentina, Paraguai e Panamá. Foram cumpridos no Brasil e nos quatro países 136 mandados de busca e apreensão.

“Com as informações do GP1