Uma operação para desarticular uma organização criminosa especializada em lavagem de dinheiro foi deflagrada nesta quinta(14). O foco é apreender 40 veículos que foram comprados e revendidos com esse dinheiro. Um casal foi preso identificado como parte do grupo. 

A ação denominada de Pavilhão é realizada pela Polícia Civil e começou a ser investigada ainda em novembro de 2017, com a prisão de  Francisco José Oliveira Costa, vulgo Júnior, que foi cumprido por financiamento ao tráfico e em flagrante por posse de arma de fogo. 

Ele foi solto em março do ano passado e preso novamente hoje, juntamente com sua esposa, Mariana dos Santos Soares, que supostamente fazia parte do esquema criminoso de lavagem de dinheiro também foi presa. 

Segundo a polícia, esse crime antecedente a agiotagem e financiamento ao tráfico de drogas.

Participam da operação a Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-Depre, Deccoterc e Diretoria de Inteligência da SSP-PI. A ação coordenada pela Gerência de Polícia Especializada-GPE conta também com o apoio da Secretaria da Fazenda (Sefaz-PI).

A polícia pede para quem os detiver os veículos com restrição Renajud Integral deve imediatamente entregá-los no prédio sede da Delegacia Geral de Polícia Civil.

Haverá entrevista coletiva às 11 horas no prédio sede da Delegacia Geral.

Fonte: da redação da Cidade Verde.