Pai e filho morreram na madrugada deste sábado após a ingestão de um líquido transparente de teor ainda não identificado.


A tragédia familiar ocorreu na zona rural de Cocal, município localizado ao Norte do Piauí.

Identificado como Domingos Francisco de Araújo, o pai, de 62 anos, morava sozinho e veio a óbito por volta das 2h30 da madrugada após um vizinho notar que a residência da vítima estava com o portão aberto. Lá chegando, deparou-se com o corpo de Domingos caído no chão e ao lado do corpo havia uma garrafa com o líquido.
A vizinhança informou o acontecido à família do idoso e já com o dia amanhecendo, dois filhos de Domingos foram até a Polícia registrar o caso. Porém, enquanto relatavam as informações sobre a morte, receberam uma ligação avisando que Jhone, terceiro filho da vítima também havia bebido o líquido da garrafa encontrada ao lado do corpo do pai.
Uma ambulância do SAMU chegou a ir até o local, porém Jhone não resistiu ao veneno. Policiais Militares isolaram a residência, colheram amostras da bebida e de um pó branco encontrado próximo à geladeira da casa. Em seguida, os corpos foram levados para o Instituo Médico Legal (IML) da cidade de Parnaíba.
A polícia segue duas linhas de investigação. Considerando a primeira hipótese, a morte pode ter sido acidental, causada pelo idoso que pode ter colocado a bebida em um frasco contendo veneno. A segunda hipótese sustenta que o envenenamento pode ter sido planejado. A família descarta o suicídio.
Somente o exame cadavérico e o resultados das análises com o material colhido poderá trazer mais informações sobre o caso.


Fonte:Redação MancheteNet/Blog do Coveiro/Valorizar Piauí.