Pedra Branca. A Família da jovem universitária Danielle Oliveira, assassinada no município de Pedra Branca-CE, oferece recompensa no valor de R$ 10.000 reais para quem conseguir capturar o assassino Zé do Valério.

O elemento foi visto no último sábado 09 nas regiões dos municípios de Independência e Crateús no sertão dos Inhamuns, a família teme que o indivíduo tenha conseguido entrar no estado vizinho do Piauí.

Veja as fotos da operação:

Crateús. A Polícia não para, é assim que tem sido nos últimos dias após informações darem conta de que Zé do Valério se encontra entre os municípios de Independência e Crateús.

Equipes do Comando Tático Rural – COTAR, Força Tática – FT, Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas – RAIO, Polícia Civil e Policiamento Ostensivo.

Entenda mas sobre o caso:

Quarenta dias após o assassinato da universitária Danielle de Oliveira Silva, 20 ano, em Pedra Branca, o suspeito do crime, José Pereira da Costa, vulgo “Zé do Valério“, ou “Emanoel”, abandonou vários objetos na localidade de Juazeiro, já no município vizinho, Independência.

Ele precisou fugir quando moradores identificaram ele se aproximando de um roçado na manhã desta segunda-feira (3).

Ele estava chegando perto de um morador quando vizinhos viram, alarmaram, se armaram com pedaços de pau e correram atrás dele, mas consegui se embrenhar no mato novamente“, relatou um agricultor pedindo para não ter o seu nome revelado.

delegada da Polícia Civil em Pedra Branca, Anarda Pinheiro, confirmou que os pertences são do fugitivo da Justiça,  e apontou que agora ele ficou inclusive sem mantimentos. “O cerco na região continua. Estamos trabalhando exaustivamente“, acrescentou.

Apesar de a vegetação estar começando a secar a mata nativa continua muito densa na região dificultando as buscas.
Equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar trabalham juntas para capturar “Zé do Valério”.
Vejas as fotos:

Até um panelão e jerimuns roubados por ele quando atacou famílias na comunidade de Baixa e na vila de São Lourenço, na Serra do Facão, em Boa Viagem, outro município que faz limite com Pedra Branca, foram deixados na pressa para não ser preso.

Moradores das localidades atacadas por ele afirmaram que o boné encontrado entre as diversas roupas, a maioria de mulheres, inclusive peças íntimas, abandonadas na fuga, era o mesmo usado por “Zé do Valério”, quando jantou em uma das residências.

Denúncias anônimas

Polícia de Pedra Branca > (88) 3515 1599
Polícia Militar > 190
Whats App (88) 9 9947 1321

Diário Sertão Central. Participe pelo whats app (85) 9 8755 0154

Fonte: Sertnews e Diário do Nordeste